Blog do

Profissional 

Industrial

7 motivos para ser um Engenheiro da Marinha



O Concurso Público para o ingresso no Corpo de Engenheiros (CP-CEM) da Marinha é um dos poucos que ocorrem todos os anos para a área de engenharia e por isso o número de candidatos é cada vez maior.

Além disso, o atual quadro de desemprego em nosso país é um dos grandes responsáveis por esse fato, pois a engenharia foi uma das classes mais afetadas.

Tanto os jovens engenheiros recém-formados, como os que perderam o emprego nessa crise, enxergam nesse concurso uma ótima oportunidade para conquistar uma estabilidade que não existe nas empresas privadas.

Porém, além dessa estabilidade, muitos não conhecem outras vantagens que a carreira militar proporciona.

Por isso, serão apresentados 7 fatos que irão motivar você a trilhar esse caminho:


1. Salário acima da média

De acordo com uma pesquisa publicada pela revista EXAME, a média salarial de um engenheiro no Brasil é R$ 7.212,00. Já o piso salarial da categoria, para um profissional que trabalha 8 horas por dia, é 9 salários mínimos, que corresponde a R$ 7.920,00. A marinha oferece uma remuneração mensal bruta que ultrapassa a faixa dos R$ 10.000,00, além dos salários indiretos e benefícios.

2. Estabilidade

Muito provavelmente você conhece alguém que perdeu o emprego devido a crise econômica que passamos. As empresas, desde as microempresas até as multinacionais, se viram obrigadas a reestruturar seu quadro de funcionários para conseguir sobreviver a essa turbulência. Com isso, muitos bons profissionais foram demitidos e agora estão desorientados no mercado de trabalho, pois são poucas empresas que estão contratando e as oportunidades são muito disputadas.


3. Aposentadoria integral

Não é novidade para ninguém que o nosso sistema previdenciário passa por uma grave crise financeira que ameaça a concessão dos diversos benefícios previdenciários. Apesar de uma proposta de reforma estar em pauta, não é recomendado acreditarmos que o valor recebido pelo INSS será suficiente para cobrir nossas despesas quando nos aposentarmos. Isso porque o valor do teto máximo pago pelo sistema de previdência é, em 2016, de R$ 5.189,82. A Marinha oferece a aposentadoria integral, ou seja, se você se aposentar hoje ganhando R$ 10.000,00 por mês, continuará recebendo esse valor, reajustado com passar dos anos, para o resto da vida.


4. Plano de carreira bem definido Quem já trabalhou em alguma empresa privada sabe como é difícil entender a estrutura hierárquica dos cargos e o que fazer para subir crescer receber uma promoção. Com isso, não é raro encontrarmos funcionários desmotivados, pois é natural ficarmos assim quando não temos clareza e projeções do nosso futuro profissional. Quando o engenheiro entra na Marinha, é apresentado para ele qual é a hierarquia e quais são as métricas para avaliar se a pessoa está apta para subir de nível hierárquico.


5. Não necessita de experiência O engenheiro (e qualquer outro profissional) recém-formado sabe muito bem da dificuldade que é arrumar um emprego quando sai da faculdade. Isso porque a maior parte das vagas abertas exige uma experiência prévia na área de atuação. A Marinha facilita a vida dessas pessoas, pois, ao contrário de outros concursos, títulos como mestrado e anos de experiência não contam pontos. Ou seja, é somente o seu desempenho na prova que definirá sua aprovação.


6. Investimentos em treinamento São poucas as empresas privadas que investem em treinamentos e na capacitação do funcionário. Algumas chegam até a impedir que os colaboradores façam isso, caso seja necessário perder algumas horas de trabalho para a realização do treinamento.

Na Marinha, o oficial, ao longo da carreira, poderá realizar cursos extraordinários, que são cursos de pós-graduação, normalmente em nível de mestrado ou de doutorado, destinados ao seu aprimoramento técnico-profissional, que requeiram habilitações especiais, em estabelecimentos de ensino no País ou no Exterior.

São realizados em caráter de voluntariado, por número de vagas estabelecido de acordo com a Sistemática de Planejamento de Pessoal da Marinha.


7. Salários indiretos e benefícios extras Além das 6 vantagens citadas acima, como Engenheiro da Marinha você também terá os seguintes benefícios:

  • Transferências remuneradas;

  • Possibilidade de moradia quando fora da cidade do Rio de Janeiro;

  • Assistência médico-hospitalar para si e para seus dependentes em instalações exclusivas da Marinha;

  • Instalações sócio-recreativas para si e seus dependentes, mediante pequena mensalidade;

  • Ajuda para aquisição de uniformes;

  • Alimentação;

Conclusão

Fica claro que a carreira militar tem uma série de benefícios que não encontramos em empresas privadas. Porém, muitos engenheiros desconhecem essa possibilidade, talvez até por falta de divulgação da própria Marinha. Mas e você, consegue ver alguma outra vantagem ou citar alguma desvantagem dessa carreira?


+ Saiba tudo sobre a Engenharia Naval

Por Engemarinha

#concursos #marinha #engenharia

Posts recentes

Ver tudo
  • LinkedIn do Profissional Industrial
  • Instagram do Profissional Industria
  • Telegram do Profissional Industrial
Profissional Industrial